PROJETO AMIZADE Janeiro/ Fevereiro/ Março 2018

INTRODUÇÃO

O afeto é o princípio norteador da autoestima, sendo assim cultivar e trabalhar a amizade é algo que não é imediato. Depois de desenvolvido o vínculo afetivo, a aprendizagem, a motivação e a disciplina como “meio” para conseguir o autocontrole da criança e seu bem estar, são conquistas significativas. A afetividade consiste em poder fazer com que a criança receba o contato físico, verbal, a relação de cuidados. O AMOR e AFETO são os princípios norteadores da autoestima, sendo assim, devemos envolver a criança, para atingirmos os objetivos traçados.

Sabe-se que num certo espaço de tempo ( os primeiros anos de vida), a criança passa por diversas etapas físicas, mentais, sociais e emocionais, que são fundamentais ao seu desenvolvimento e que influenciarão na formação e desenvolvimento de sua personalidade. O comportamento agressivo aparece como desejo ou possessão de um espaço, brinquedo, na busca pela atenção de um adulto. Com a entrada na escola, passa a viverem dois micros sistemas (família e escola), gerando conflitos que, diante de sentimento de impotência para resolvê-los ou de insegurança, manifestam a agressividade.

JUSTIFICATIVA

A ideia surgiu através da observação e da necessidade de trabalhar a afetividade, a amizade, o respeito pelo outro e a importância dele na nossa vida, partilhando sentimentos, dizendo e ouvindo o que o outro pensa, transformando as ações em um ato de afeto e carinho. Dessa maneira é interessante a proposta de atividades que façam com que a criança se coloque no lugar do outro. Para que os estímulos se tornem mais produtivos, é preciso que nós educadores procuremos meios de amenizá-la; Portanto este projeto foi estruturado procurando métodos, a fim de amenizar tal agressividade.

PROJETO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO. Julho/ Agosto/ Setembro 2018

INTRODUÇÃO

Sítio do Picapau Amarelo é um clássico da literatura infantil brasileira, sendo o principal cenário das muitas histórias de Monteiro Lobato, ficou eternizado por seus personagens carismáticos e identificáveis com nossa realidade, atravessando gerações. Hoje, é mais raro que as crianças não brinquem como as gerações anteriores. Os aparelhos eletrônicos, como celulares, tablets e notebooks, hoje fazem parte integral do dia a dia da criança, e as brincadeiras, estão perdendo espaço. Nesse sentido, é importante que a escola faça um resgate de tais práticas saudáveis e necessárias para o desenvolvimento da imaginação da criança.

O tema “Sítio do Picapau Amarelo” serve perfeitamente, pois oferece uma janela de oportunidade única para retornar este tipo de brincadeira e ao mesmo tempo retomar novas visões.

JUSTIFICATIVA

Sendo a brincadeira uma forma lúdica da criança se relacionar com o ambiente ao seu redor, que exercita sua criatividade e imaginação, despertando sua natural curiosidade pelos mistérios qual a cercam, a temática do Sítio do Pica- pau Amarelo oferece ao docente um universo rico para brincadeiras que auxiliam no aprendizado de outros conteúdos e habilidades também.

OBJETIVOS

- Conhecer um pouco da literatura infantil de Monteiro Lobato e o universo rural,

- Aprender brincando e brincar aprendendo,

- reconhecer os sinais de trânsito ( faixa de pedestre, semáforo),

- Desenvolver a capacidade de interpretação, a imaginação e o raciocínio lógico,

- Desenvolver a coordenação motora,

- Exercitar a abstração e a expressão criativa,

- Oferecer mais interação social,

- Atividades em equipe e individual,

- Exercitar disciplina e respeito,

- Estimular gosto pela leitura,

- Estimular gosto por alimentos, etc.

DESENVOLVIMENTO

- Verificar o quanto eles sabem acerca do tema

- Apresentação de músicas, teatro, histórias, personagens e comidas

- Cantar, representar

- Filmes

- Recorte e colagem,

- Desenho

- Brincadeiras dirigidas

- Confecção dos personagens

- Mural usando o autor e personagens

- Roda da conversa sobre o tema desenvolvido, etc.

PROJETO ALIMENTAÇÃO Abril/ Maio/ Junho 2018

INTRODUÇÃO

O presente Projeto tem como objetivo abordar assuntos relacionados à alimentação saudável, a partir da Educação Infantil.  Ampliando o conhecimento e despertando a criança para uma boa alimentação.

 

JUSTIFICATIVA

O tema alimentação é motivo de preocupação dos pais e educadores, visto que o mercado oferece uma enorme quantidade de produtos alimentícios que, através da mídia, invadem as nossas casas e tornam os hábitos alimentares bastante inadequados.

OBJETIVOS

- Incentivar aos bons hábitos alimentares,

- Identificar as preferências alimentar dos alunos,

- Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos,

- Reconhecer os alimentos,

- Identificar cores, textura e os diferentes sabores,

- Identificar as frutas, legumes e a importância deles para a nossa saúde,

- Reconhecer o produto industrializado como um alimento menos nutritivo e menos necessário para a alimentação.

DESENVOLVIMENTO

- Oficina culinária – salada de frutas

- Confecção de carimbos com batata

- Explorar a textura das frutas e legumes

- Oficina culinária – salada de verduras

- Fazer com os alunos uma sopa utilizando legumes

- Palavra cantada – A sopa do neném

- Trabalhar diversas figuras de alimentos

- Montar uma mini- horta

- Falar sobre os alimentos não saudáveis

- Usar massa de modelar(os alimentos)

- Envolvimento dos pais, com pesquisas(envio de uma receita saudável)

- Cantinho da receita.

PROJETO CONTOS DE FADAS. Outubro/ Novembro/ Dezembro 2018

JUSTIFICATIVA

Os contos estão envolvidos no mundo das crianças e partem de uma situação real e concreta, para proporcionar emoções e vivências significativas. Neste gênero aparecem seres encantados e elementos mágicos pertencentes a um mundo imaginário que todas as crianças se encantam. Por meio de linguagem simbólica dos contos, a criança vem construir uma ponte de imaginação do mundo exterior, para seu mundo interior, aprendendo valores, refletindo sobre suas ações, desenvolvendo seu senso crítico, sua criatividade, sua expressão e linguagem.

 

OBJETIVOS

-Identificar personagens de contos de fadas;

- Expressar-se por meio de desenhos, pinturas e colagens;

- Desenvolver a linguagem oral;

- Dramatizar histórias, por meio de expressões orais;

- Descrever cenários e personagens;

- Identificar títulos de histórias conhecidas;

- Possibilitar um instrumento onde as crianças coloquem suas emoções e necessidades;

- Sistematizar situações problema, a partir de contos, para as crianças refletirem criando alternativas de acordo com seus pensamentos;

- Buscar no mundo da fantasia possíveis soluções para os problemas do mundo real;

- Resgatar a importância dos “contos”;

- Aprender valores;

- Desenvolver o senso crítico e a criatividade.

METAS

- Desenvolver noções de valores e incentivar e leitura;

- Ampliar da linguagem oral, etc.

METODOLOGIA

- Leitura de contos de fadas e histórias infantis;

- Criar situações de fantasia;

- Trabalhar as emoções que as histórias transmitem;

- Conhecer elementos mágicos: fadas, anões, gigantes, etc;

- Resgatar a importância que os contos populares e de fadas exercem sobre as crianças;

- Reprodução de histórias ouvidas, com fantoches, levando em consideração as sequências temporais;

- Dramatização de histórias conhecidas, onde as crianças sejam as personagens;

- Apreciação de leitura feita pela educadora;

- Identificação de valores encontrados nas personagens das histórias.

30742011_1993033214347861_6872487254636363776_n
32235267_2005121339805715_119587737949962240_n

DATAS COMEMORATIVAS

  • Carnaval
  • Dia da Água
  • Dia do Circo
  • Páscoa
  • Dia do Livro
  • Dia do Índio
  • Descobrimento do Brasil
  • Dia das Mães
  • Dia do Meio Ambiente
  • Festa Junina
  • Dia do Amigo
  • Dia dos Pais
  • Folclore
  • Dia do Soldado
  • Independência do Brasil
  • Dia da Árvore
  • Dia das Crianças
  • Consciência Negra
  • Natal
 A SOMA DOS TALENTOS
 SE A NOTA DISSESSE:
“NÃO É UMA NOTA QUE FAZ UMA MÚSICA.”
… NÃO HAVERIA SINFONIA.
SE A PALAVRA DISSESSE:
“NÃO É UMA PALAVRA QUE PODE FAZER UMA PÁGINA.”
… NÃO HAVERIA LIVRO.
SE A PEDRA DISSESSE:
“NÃO É UMA PEDRA QUE PODE MONTAR UMA PAREDE.”
…NÃO HAVERIA CASA.
SE A GOTA DISSESSE:
“NÃO É UMA GOTA DE ÁGUA QUE FAZ O RIO.”
…NÃO HAVERIA O OCEANO.
SE O GRÃO DE TRIGO DISSESSE:
“NÃO É O GRÃO QUE PODE SEMEAR O CAMPO.”
…NÃO HAVERIA COLHEITA.
SE O HOMEM DISSESSE:
“NÃO É UM GESTO DE AMOR QUE PODE SALVAR A HUMANIDADE.”
JAMAIS HAVERIA JUSTIÇA E PAZ, DIGNIDADE E FELICIDADE NA TERRA DOS HOMENS.
COMO A SINFONIA PRECISA DE CADA NOTA,
COMO O LIVRO PRECISA DE CADA PALAVRA,
COMO A CASA PRECISA DE CADA PEDRA,
COMO A COLHEITA PRECISA DE CADA GRÃO DE TRIGO,
A HUMANIDADE INTEIRA PRECISA DE TI,
ONDE ESTIVERES, ÚNICO E, PORTANTO, INSUBSTITUÍVEL.
COMO O FUTURO DO NOSSO PAÍS, PRECISA DA EDUCAÇÃO,
A FAMÍLIA E ESCOLA PRECISAM ESTAR JUNTAS, PARA COMPARTILHAREM A ALEGRIA DO SUCESSO.
OBRIGADO POR ESTAREM CONOSCO, SOMANDO TALENTOS, MULTIPLICANDO SORRISOS, COMPARTILHANDO ALEGRIAS.
2amor

ESTAMOS TAMBÉM NO FACEBOOK

CRECHE SANTO ANTONIO